Bold Finance
Faça uma simulação e descubra

Imobiliária: conheça a melhor garantia de aluguel para seus clientes!

A garantia de aluguel é uma das principais preocupações de qualquer proprietário. Afinal, o risco de inadimplência existe e pode afetar o recebimento dos valores previstos em contrato, o que afeta todo o planejamento financeiro do locador.

Por lei, há algumas garantias que podem ser usadas, mas todas têm limitações que você precisa considerar. Além das garantias, existe uma nova solução que pode fazer com que a imobiliária e o locador se beneficiem, sem que seja necessário abrir mão da segurança.

Para descobrir qual é a melhor garantia de aluguel, veja quais são as alternativas que a imobiliária pode disponibilizar e entenda as características de cada uma!

Como funciona a garantia de aluguel?

A principal função da garantia de um contrato de aluguel é proteger o proprietário em caso de inadimplência por parte do locatário. Caso o inquilino deixe de pagar o aluguel por um mês ou período, a garantia é acionada para que o proprietário não fique no prejuízo.

Cabe ao inquilino escolher entre as formas disponibilizadas pela imobiliária para garantia de aluguel. Assim, ele pode definir o modelo preferencial para o seu contrato.

Quais são as garantias do contrato de locação?

A legislação referente à locação imobiliária é clara ao definir quais são os principais tipos de garantia de aluguel aceitos. Ao conhecer as vantagens e limitações de cada um, é possível saber qual decisão faz mais sentido.

A seguir, veja os tipos principais de garantia!

Depósito de caução

A caução consiste, normalmente, em um depósito realizado pelo inquilino. Por lei, o montante pode ser de até 3 vezes o valor do aluguel.

A caução também pode consistir em bens móveis ou imóveis, de acordo com a legislação. É muito comum que seja utilizado o título de capitalização como garantia da locação, pois assim é possível garantir um período maior que os 3 meses permitidos para a caução em dinheiro.

Caso haja inadimplência ou algum dano ao imóvel, o valor da caução pode ser usado para compensar o prejuízo. Porém, se o inquilino optar por sair sem maiores problemas, receberá a caução atualizada.

Para o proprietário, a escolha pode acelerar o processo de alugar imóvel, pois oferece facilidade para o inquilino. Contudo, é uma alternativa limitada, já que existe o risco de a inadimplência superar o valor acumulado.

Fiador

O fiador é, normalmente, uma pessoa que já tem um imóvel quitado e/ou renda comprovada, que assume a responsabilidade dos débitos não pagos pelo inquilino. Ou seja, se o locatário não cumprir o pagamento do aluguel, o locador pode acionar o fiador, que fica obrigado a quitar a dívida.

Apesar de ser uma das alternativas mais baratas para os envolvidos, o processo não é tão simples. Se o fiador não residir na mesma cidade, por exemplo, pode não ser possível dar sequência ao contrato. Ainda é necessário seguir etapas burocráticas para garantir que o fiador cumpra sua obrigação.

Para o locatário, a alternativa também pode ser relativamente complexa. Afinal, pode não ser possível encontrar uma pessoa disposta a se tornar fiador. Por este motivo, as imobiliárias estão, cada vez mais, oferecendo novas alternativas para garantir os contratos de locação que administram.

Seguro-fiança

O seguro-fiança é uma garantia de aluguel disponibilizada pelas seguradoras. Com esse produto, a ideia é que a seguradora faça o pagamento do aluguel nos momentos em que o inquilino não o realizar.

Para tanto, a cobertura do valor de apólice pode ser de até 30 vezes o custo do aluguel, considerando o prazo padronizado de 30 meses do contrato. O mais comum é que seja contratado pelo período de 12 meses, com renovação anual.

Com isso, a alternativa pode ser mais cara para o locatário, o que limita as opções de quem poderá alugar o imóvel.

Qual é a melhor garantia de aluguel?

A definição de qual garantia será usada no contrato de locação imobiliária depende de uma série de fatores e de condições personalizadas. É preciso compreender, por exemplo, o nível de proteção esperado pelo locador e quão prática é a escolha.

Também é interessante considerar a possibilidade de negociar com o locatário. Ao flexibilizar a escolha, aceitando qualquer um dos modelos, é possível atrair mais interessados e acelerar a assinatura do contrato, mas é importante não perder de vista a segurança.

Desta forma, é importante que a imobiliária e o locador estejam bem alinhados desde o início do processo de locação, pois a melhor garantia é aquela que atenda adequadamente aos interesses de todos os envolvidos na relação.

Depois de escolhida a garantia e assinado o contrato de locação, o locador que deixa seu imóvel para ser administrado nas melhores imobiliárias ainda pode contar com uma nova solução para usufruir de maior segurança! É o caso da antecipação de aluguel, que pode ser disponibilizada pela imobiliária como uma solução extra e vantajosa. Afinal, garantido mesmo é receber os aluguéis à vista, não é mesmo?!

Nesse caso, o locador pode optar por receber, de uma só vez, o valor referente de 1 a 12 meses de aluguel, com desconto. Logo, é possível receber todo o montante à vista e se livrar do risco de inadimplência sem contrair empréstimos.

Vale ressaltar que a antecipação de aluguéis não se confunde com a garantia prevista em lei, sendo uma venda dos recebíveis de aluguel realizada pelo locador perante empresa especializada, parceira da imobiliária.

Por que antecipação de aluguel?

Na prática, a antecipação de aluguel é a melhor solução disponibilizada pelas imobiliárias aos proprietários de imóveis. Primeiramente, ela oferece total autonomia para o locador, que decide o quanto deseja receber e em qual momento.

Também é uma solução pouco burocrática, com depósito realizado em poucos dias e com a possibilidade de isenção no Imposto de Renda. Dessa forma, o locador tem a segurança de receber à vista os aluguéis futuros ainda consegue ter vantagens financeiras.

Além disso, a antecipação de aluguel elimina o risco da inadimplência para o locador, que recebe o montante antecipado e não assume qualquer tipo de empréstimo.

Assim, se o locatário atrasar ou não fizer o pagamento, o locador não é responsabilizado. A empresa assume este risco e pode acionar o inquilino e as garantias do contrato.

Vantagens para todos os envolvidos

A imobiliária pode oferecer a antecipação do aluguel como solução para trazer mais valor agregado e para se diferenciar no mercado. É uma forma de apresentar algo que os concorrentes não trazem, gerando mais interesse por parte de novos proprietários, por exemplo.

O locador, por sua vez, não precisa abrir mão dos modelos de garantia e ainda pode aproveitar as facilidades oferecidas pela antecipação a qualquer momento. Para completar, o inquilino não é prejudicado com essa escolha e nem terá que pagar nada a mais por isso.

Como visto, a garantia de aluguel é de grande importância para locação imobiliária e conta com várias opções, como o fiador, o seguro-fiança e a caução. Sem prejudicar ou se confundir com a garantia, a antecipação de aluguel é uma solução complementar que pode trazer vantagens tanto para a imobiliária quanto para o locador.

Quer conhecer melhor sobre antecipação de aluguel e saber como incorporá-la à imobiliária? Fale conosco da Bold Finance e veja o que temos a oferecer!