Experiência do cliente: por que sua imobiliária precisa pensar nisso?

Ao estudar o mercado, é possível perceber que os clientes estão cada vez mais exigentes. Ao fazerem uma aquisição, por exemplo, eles não focam apenas no produto ou serviço, mas em todo o processo de compra. Assim, é fundamental se preocupar com a experiência do cliente em sua imobiliária.

Afinal, em um mercado competitivo, esse é um diferencial importante. Em vista disso, saber conduzir bem o funil de vendas pode ser o fator decisivo na hora do consumidor escolher a sua imobiliária e não a do concorrente.

Quer entender mais sobre o assunto? Continue a leitura e entenda o que é a experiência do cliente, por que ela é tão importante e como melhorá-la em sua imobiliária.

Confira!              

 

O que é experiência do cliente? Como funciona?

Para começar, é importante entender o que significa a experiência do cliente e como funciona. Também chamada de customer experience, ela envolve todos os contatos que o consumidor vivencia com a empresa durante o funil de vendas.

Ou seja, constitui-se desde a descoberta da marca, passando pelas interações até a aquisição do produto ou serviço. Sendo assim, ela começa quando o cliente procura pelo objeto de aquisição e encontra a marca na internet.

Então, ao comentar, compartilhar ou salvar um post, seja em um conteúdo no Google ou nas redes sociais, por exemplo, ele engaja com a empresa. Seguindo o fluxo, o consumidor acessa a página comercial ou vai ao estabelecimento físico e faz o seu pedido assim que a demanda surgir.

Isso significa que toda a interação feita anteriormente fez com que o cliente lembrasse da marca quando precisou de um produto ou serviço. Dessa maneira, o relacionamento foi criado, e se nutrido pelo pós-venda, ocorre a fidelização. Se isso acontece, o consumidor se torna o promotor da marca.

 

Como a experiência do cliente conversa com o novo consumidor?

Você entendeu o que é e como funciona a experiência do cliente. Agora, é necessário saber como ela se relaciona com o novo consumidor. Esse conceito se refere aos clientes que estão mais atentos, conscientes, engajados e com maiores expectativas.

Portanto, estão mais exigentes. Na prática, eles querem boas opções de crédito, transparência na compra e bom atendimento.

Nesse sentido, a experiência do cliente está diretamente envolvida com o novo consumidor. Isso porque, ao fechar um contrato, o cliente também procura uma boa vivência do início até o pós-compra.

 

Qual a importância de investir na experiência do cliente em sua imobiliária?

Como você viu, a nova geração de consumidores valoriza a experiência ao fechar um negócio. Se essa vivência é positiva, o cliente se torna disseminador da marca. Caso contrário, a tendência é que ele procure a concorrência em uma próxima demanda.

No contexto da imobiliária, isso se torna ainda mais importante, visto que os meios digitais facilitaram a negociação direta entre comprador e vendedor, inquilino e proprietário. Portanto, o trabalho do corretor precisa trazer diferenciais. Isso é possível investindo na experiência do cliente.

Então é preciso mostrar ao consumidor que a imobiliária entrega muito mais do que a publicação de um anúncio. Se o cliente tiver uma boa experiência, mesmo com uma concorrência competitiva, ele terá a marca como referência ao recomendar ou precisar novamente do serviço.

Afinal, o interessado saberá que o valor agregado no negócio compensa. Aliás, a experiência do cliente influencia também no preço que o consumidor está disposto a pagar. Em outras palavras, ele tende a aceitar pagar mais por uma aquisição se a vivência da compra for positiva.

 

Como melhorar a experiência do cliente em sua imobiliária?

Agora que você descobriu como a experiência do cliente é importante para se manter competitivo no mercado, é interessante que saiba como melhorar essa questão em sua imobiliária.

A seguir, veja como isso é possível!

 

Mudança na cultura organizacional

O primeiro passo para melhorar a experiência do cliente em sua imobiliária é agregar esse conceito na cultura da empresa. Isso significa que ele deve estar presente no dia a dia da imobiliária.

Logo, todos os colaboradores devem estar envolvidos em proporcionar uma boa vivência para o consumidor. Uma forma de reforçar o tema com a equipe é promover treinamentos para melhora da experiência do cliente.

 

Atendimento personalizado

O atendimento personalizado também faz parte de uma boa experiência do cliente. Lembre-se de que o consumidor quer sentir que as suas necessidades foram ouvidas e espera que sejam atendidas. Trazendo essa questão para a imobiliária, é importante colher o máximo de informações do cliente.

Desse modo, é possível oferecer opções que condizem com o que ele espera. Além disso, evita ofertar imóveis que não atendem as necessidades e as possibilidades dele, aumentando as chances de fechar o negócio.

 

Investimento no digital

Uma das características do novo consumidor é a sua conexão com os meios digitais. Por exemplo, é comum que ele faça pesquisas na internet antes de ter a primeira interação com a empresa. Logo, a sua imobiliária deve estar no meio digital.

Para isso, além de uma página institucional, é interessante oferecer conteúdos em blogs e redes sociais. Em relação à comunicação, disponibilize meios de contato diversos, incluindo WhatsApp e e-mail.

Outro ponto de atenção no caso de imobiliárias são as fotos e os vídeos dos imóveis disponíveis. Eles devem ser de boa qualidade e apresentar detalhes. A ideia é garantir uma visão ampla e realista para que os consumidores possam decidir se vale a pena fazer a visita, otimizando o tempo.

 

Como investir na experiência do cliente?

Após entender sobre a experiência do cliente e como aplicá-la em sua imobiliária, é possível que você tenha interesse em implementá-la. Entretanto, como você viu, pode ser necessário captar recursos para fazer uso dessas soluções.

Uma das maneiras de garantir recursos para esse objetivo é oferecer os serviços financeiros, como a antecipação de aluguel. Essa solução permite que os valores dos aluguéis sejam adiantados ao proprietário do imóvel.

O dono recebe até 12 meses de aluguel à vista e cede os valores mensais à empresa que faz a antecipação, mediante deságio. Isso otimiza a experiência do consumidor, devido às vantagens obtidas.

Ao mesmo tempo, a imobiliária recebe as comissões à vista — o que disponibiliza recursos que podem ser investidos na experiência do cliente. Os benefícios, portanto, se tornam exponenciais — permitindo um foco cada vez mais elevado da imobiliária na experiência final do seu cliente.

Para oferecer essa solução aos proprietários, é necessário que a imobiliária faça parceria com uma empresa especializada, como a Bold Finance.

Como você viu, proporcionar a melhor experiência do cliente é imprescindível para qualquer negócio — especialmente no ramo imobiliário. Logo, é preciso adotar estratégias com esse foco para conseguir se destacar da concorrência e se manter relevante no mercado.

Ficou interessado em incluir a antecipação de aluguéis nos serviços de sua imobiliária? Acesse o site e saiba mais!

 

Como alavancar negócios imobiliários oferecendo soluções financeiras?

Quando se fala em alavancar os negócios imobiliários, é comum que os profissionais pensem em estratégias de gestão, de marketing, de captação de clientes e de imóveis, entre outras. Entretanto, também é possível fazer isso oferecendo soluções financeiras.

Muitas vezes, os responsáveis pela empresa se atêm às metodologias de crescimento mais generalizadas. Contudo, é importante ampliar seus conceitos e visualizar oportunidades relacionadas ao nicho do negócio imobiliário.

Quer saber como? Neste post, você entenderá quais são as maiores dificuldades para alavancar a imobiliária e quais estratégias podem ser utilizadas — incluindo as soluções financeiras.

Acompanhe!

 

Quais são as maiores dificuldades para alavancar negócios imobiliários?

Antes de entender como as soluções financeiras podem ajudar a alavancar os negócios imobiliários, é importante conhecer as maiores dificuldades do ramo. Frequentemente, gestores imobiliários e corretores não identificam esses pontos de atenção, dificultando a adoção de estratégias eficazes.

Entre os principais pontos que podem prejudicar a expansão do seu negócio imobiliário, vale destacar:

  • alto custo da operação;
  • falta de tempo;
  • equipe mal preparada;
  • resultados ruins nas vendas e nas locações;
  • poucos leads;
  • baixa produtividade.

Portanto, é interessante avaliar os processos da empresa para identificar quais são os problemas ou gargalos. A partir desse diagnóstico será possível encontrar formas de solucionar as questões e alavancar os resultados.

 

Como alavancar os negócios imobiliários?

Como você viu, existem muitos problemas que podem impedir um negócio imobiliário crescer. Entretanto, saiba que essas dificuldades podem ser superadas para alavancar o empreendimento.

Na sequência, confira as principais relacionadas ao setor de imóveis:

 

Identifique os pontos fracos

Primeiramente, você deve identificar os pontos fracos da empresa. Isso trará uma visão mais ampla sobre gargalos do processo de vendas e trará uma base para desenvolver soluções. Aqui, é interessante contar com a participação de todos os colaboradores.

Isso porque cada setor pode encontrar dificuldades diferentes que, mesmo sem ligação direta com as vendas, influenciam nos resultados obtidos.

 

Conheça o seu público-alvo

Um dos grandes erros das empresas é não conhecer seu público-alvo — no ramo imobiliário isso não é diferente. Sem ter informações detalhadas sobre o público e as suas características, fica mais difícil alcançá-lo nas estratégias de vendas.

Logo, será necessário empregar mais esforços nos processos de vendas, enquanto também há uma dificuldade maior para conseguir concluir as negociações. Isso gera desperdícios de recursos humanos e financeiros.

Por exemplo, se o seu grupo-alvo é da classe média, de nada adiantará ter campanhas voltadas aos imóveis de alto padrão, que não se alinham às possibilidades financeiras dos clientes. Portanto, faça pesquisas e defina o público ideal para a sua imobiliária para direcionar as estratégias corretamente.

 

Invista no digital

O meio digital também chegou às imobiliárias e revolucionou o setor. Com a tecnologia, cada vez mais as pessoas procuram os canais online para diversas atividades — inclusive a busca por imóveis. Portanto, a imobiliária deve estar preparada para acompanhar essa tendência.

Assim, é importante ter um site completo para que os clientes encontrem imóveis que possam atender às diferentes necessidades. Fotografias e filmagens de qualidade, inclusive com o tour virtual, permitem que eles conheçam melhor cada propriedade.

Com isso, os clientes podem selecionar as opções com maior potencial para, só então, visitá-las pessoalmente. Dessa forma, é possível poupar tempo do consumidor e do corretor.

Além disso, vale destacar o marketing digital, que passou de complementar para fundamental em qualquer empresa. Afinal, é comum que as pessoas utilizem a internet como meio de pesquisa antes de comprarem um bem ou serviço.

Por isso, é fundamental que a sua imobiliária esteja presente no meio digital, seja por meio de site, blogs, e-mails ou redes sociais. Aliás, é relevante saber que esses canais ajudam a criar um relacionamento com o cliente, que pode colaborar com a fidelização e otimizar resultados.

 

Melhore o pós-venda

O pós-venda é uma etapa importante, mas que nem todas as empresas se dedicam. Por isso, quem presta esse atendimento e com qualidade, se destaca em relação às concorrentes. Mesmo após a compra, os clientes podem ter dúvidas e precisar de suporte da empresa.

Nesse momento, você pode oferecer o apoio necessário e aproveitar para manter o relacionamento e, assim, fidelizar o comprador. Isso aumenta as chances de que o cliente indique a sua imobiliária para parentes e amigos ou volte a fazer negócios com você.

 

Ofereça soluções financeiras

Agora que você já conhece algumas estratégias para alavancar os negócios, chegou a vez de entender como oferecer soluções financeiras pode ajudar nesse objetivo.

Para isso, tenha em mente que é possível que um cliente não tenha todo o valor necessário para pagar por determinado bem ou dar a garantia para a locação, por exemplo. Nesses casos, ele pode recorrer a soluções como empréstimos e financiamentos.

Nesse caso, a imobiliária pode auxiliar esclarecendo dúvidas e trazendo parcerias para a concessão do crédito. No entanto, além dos serviços financeiros tradicionais oferecidos pelas instituições, existem outros que muitas pessoas desconhecem.

Você já ouviu falar na antecipação de aluguel? Ela funciona como um adiantamento para o proprietário dos valores a receber ao longo do contrato. Dessa maneira, o proprietário do imóvel garante o recebimento à vista da quantia referente ao período desejado.

Desse modo, ele terá o valor disponível para realizar diferentes planos, o que pode ser um atrativo para os proprietários e aumentar a cartela de imóveis da imobiliária.

Assim, oferecer a antecipação de aluguel é um diferencial competitivo no mercado. Ademais, a imobiliária também recebe a comissão à vista — o que aumenta a receita e viabiliza investimentos para alavancar os negócios.

 

Como oferecer o adiantamento de aluguel como solução financeira para alavancar os negócios?

Você descobriu algumas estratégias para alavancar os negócios imobiliários, como a antecipação de aluguel. Como esse serviço pode ser um grande aliado em seu empreendimento, vale a pena aprender mais sobre ele.

Como você viu, essa modalidade se trata do adiantamento dos valores dos aluguéis para o proprietário. Sendo assim, a antecipação consiste na cessão de créditos provenientes do contrato de locação.

Ou seja, a empresa que faz a antecipação terá o direito de receber os valores dos aluguéis do locatário. Enquanto isso, o locador recebe o total à vista com um pequeno deságio. Como não se trata de um empréstimo ou financiamento, o processo é menos burocrático.

Para oferecer esse serviço em sua imobiliária, você pode fazer uma parceria sem custo com a Bold Finance.

Neste conteúdo, você conheceu estratégias para alavancar os negócios imobiliários, como a antecipação do aluguel. Portanto, avalie os benefícios desse serviço e não deixe de trazer essa solução financeira para seus clientes!

Quer ser um parceiro Bold Finance? Preencha o formulário e aguarde a nossa equipe entrar em contato com você!

O que o proprietário de imóvel espera encontrar na sua imobiliária?

Ser proprietário de imóvel e obter lucros a partir desse investimento é o desejo de muitas pessoas. Entretanto, podem surgir dificuldades no processo, fazendo com que o serviço de uma imobiliária seja essencial. Logo, é importante estar preparado para receber esses clientes.

Afinal, é preciso garantir a satisfação do proprietário para promover a fidelização e construir uma boa reputação da empresa. Consequentemente, isso pode auxiliar no crescimento do negócio e na busca por melhores resultados.

Nesse sentido, é preciso saber o que o proprietário de imóvel espera de uma imobiliária e adequar os seus serviços. Neste post, você entenderá as dores dos donos de imóveis e o que eles procuram.

Confira!

 

Quais são os maiores problemas que o proprietário enfrenta sem uma boa imobiliária?

Antes de descobrir o que o proprietário de imóvel espera da sua imobiliária, é interessante entender os maiores problemas que ele enfrenta. Eles podem surgir quando ele não contrata uma empresa adequada ou resolve negociar sozinho.

Confira os principais desafios:

 

Precificação correta

Encontrar um preço justo é o primeiro passo para não ter prejuízos, seja na venda ou na locação. Embora seja possível contratar um corretor para fazer somente essa etapa, o proprietário pode se sentir inseguro com a avaliação recebida.

Em outros casos, sem saber o que avaliar, pode definir preços excessivos — que afastam os interessados — ou muito baixos, gerando perdas.

 

Conhecimento em divulgação

A divulgação do imóvel pode parecer simples em um primeiro momento. Por isso, há proprietários que arriscam nessa tarefa. No entanto, isso pode levar a erros ao anunciar a propriedade envolvendo descrição, canais utilizados e outros detalhes.

 

Tempo para visitas

Dispor de tempo para a visitação pode ser um problema para o proprietário. Além disso, possíveis atrasos por parte dos interessados comprometem a rotina. Outra dificuldade trata do momento de guiar a visitação, o que pode dificultar o fechamento do negócio.

 

Entendimento das burocracias

Vender ou locar um imóvel envolve burocracias com coleta de dados, vistoria do imóvel e contrato. Como são etapas fundamentais para resguardar a segurança da negociação, quem não é do ramo imobiliário pode sentir insegurança ou, até mesmo, cometer erros nesse processo.

 

Confiança  na relação com o inquilino

Na locação, uma dificuldade que pode surgir trata da confiança ao confiar a posse do imóvel a um desconhecido. Questões como cuidados em relação à propriedade e a pontualidade do pagamento são preocupações comuns dos clientes.

 

Cobrança dos aluguéis atrasados

Um dos problemas que podem surgir na locação é a inadimplência. Nesse caso, surgem dificuldades sobre como fazer a cobrança dos aluguéis atrasados para aumentar as chances de receber de forma amigável. Ainda, é comum ter dúvidas sobre o momento certo para buscar as medidas judiciais.

 

Lidar com inquilino

As divergências de opinião podem trazer conflitos entre locador e locatário. Ademais, é necessário saber como administrar pequenas reformas e consertos na manutenção do imóvel. Lidar com essas demandas pode trazer dificuldades.

 

O que o proprietário deseja encontrar na sua uma imobiliária?

Como você viu, as maiores dores de um proprietário de imóvel, principalmente o que deseja alugar, são facilmente resolvidas por uma boa imobiliária. Porém, é preciso saber como atender as demandas da melhor maneira.

A seguir, veja o que o dono espera encontrar na sua empresa!

 

Atendimento de excelência

O bom atendimento é primordial em qualquer tipo de negócio, e no ramo imobiliário não é diferente. O proprietário de imóvel quer que suas dúvidas sejam sanadas e receber um suporte adequado para as suas necessidades.

Isso faz parte do relacionamento entre empresa e cliente. A prática também ajuda a construir a confiança tão necessária para esse tipo de contratação.

 

Orientação sobre aluguel ou venda

Há situações em que o dono do imóvel ainda não decidiu se prefere vender ou locar o bem. Afinal, nem sempre é fácil comparar as vantagens e desvantagens de cada um.

Portanto, oferecer esse tipo de orientação é um diferencial. Para isso, é importante ouvir o cliente, entender os seus objetivos e preocupações. Dessa maneira, é possível ajudá-lo a identificar a solução mais adequada.

 

Avaliação do imóvel

Como você viu, a avaliação do imóvel com um preço justo é uma das preocupações do proprietário. Assim, é interessante deixar explícito que a avaliação feita pela sua imobiliária segue critérios rigorosos do mercado.

 

Divulgação do imóvel

Somente uma boa imobiliária sabe fazer uma divulgação que valorize o imóvel e atraia comprador ou locador em potencial. E é isso o que o proprietário de imóvel espera da sua empresa. Para tanto, vale a pena buscar formas de otimizar o trabalho dos seus corretores utilizando ferramentas adequadas.

Por exemplo, existem softwares de integração de portais em que distribui a divulgação para os principais sites especializados em busca de imóveis. Assim, é possível ampliar o alcance e facilitar a gestão de anúncios.

 

Visitas com os clientes

Como você viu, o proprietário pode não ter tempo para conduzir as visitas dos clientes. Aliás, é comum que ele também não saiba filtrar os potenciais locadores e compradores. Portanto, o cliente espera que a imobiliária faça esse serviço para poupar tempo e ter mais chances de fechar negócio.

 

Burocracias resolvidas

Ao contratar uma imobiliária, o proprietário do imóvel também espera que todas as burocracias sejam resolvidas com facilidade. De certo modo, ele deseja apenas conferir os contratos e assiná-los, sem ter que correr atrás de toda a documentação e avaliações de crédito.

Por esse motivo, a imobiliária deve estar preparada para resolver toda a parte burocrática e oferecer suporte em todo o processo. Ao mesmo tempo, é preciso demonstrar segurança para que o dono do imóvel tenha confiança na transação.

 

Fazer cumprir o contrato

Existem casos em que o comprador ou inquilino deixa de cumprir o que foi estipulado no contrato, como o pagamento de uma parcela ou aluguel. Nesse cenário, o proprietário esperará que a imobiliária saiba lidar com a situação e resolva todas as questões para garantir o cumprimento do que foi acordado.

 

Administração do imóvel

O trabalho da locação não termina após o imóvel ser alugado. Pelo contrário, existem diversas situações para serem administradas, como consertos e pequenas reformas necessárias. Por exemplo, um vazamento pode se tornar um grande problema se mal administrado.

Nesse caso, se o problema gerar prejuízos ou impedir o pleno uso da propriedade, a busca por uma solução pode gerar desgastes na relação entre as partes.

Sendo assim, é provável que o proprietário do imóvel deseje não ter que lidar com esse tipo de assunto. Ou seja, ao contratar uma imobiliária, ele tende a preferir que os profissionais lidem com todas as questões e façam as negociações necessárias.

Agora você já conhece as principais dores dos proprietários de imóvel e o que eles esperam de uma imobiliária. Portanto, avalie as estratégias da sua empresa e faça as adaptações necessárias para oferecer um serviço de excelência.

A sua empresa está atualizada? Aproveite a visita e descubra se a sua imobiliária está preparada para o futuro!

Imobiliária: como se destacar da concorrência? 5 Passos essenciais!

Com tantos profissionais no mercado oferecendo serviços semelhantes, uma imobiliária precisa conseguir se destacar da concorrência. Apesar de o destaque parecer vir somente da experiência e presença na área, é possível encontrar mais alternativas para ganhar o seu espaço.

Nesse sentido, é preciso se adequar e oferecer serviços diferenciados que a concorrência ainda não explora. Com isso, será possível estar um passo à frente dos demais e captar mais clientes para o seu negócio.

Quer saber como ganhar destaque com a sua imobiliária? Então confira 5 passos essenciais a seguir!

 

1. Tenha presença online

A presença online é um passo indispensável para a imobiliária que deseja se destacar na era tecnológica. Apesar de a maioria já ter sites e portfólio online de imóveis para venda e locação, a presença vai além da manutenção dessa página.

Nesse sentido, as redes sociais são ferramentas importantes para qualquer negócio. Fazer postagens frequentes com os serviços prestados, além de dicas sobre assuntos relacionados, é uma ótima forma de conseguir engajamento e atrair interessados.

Ademais, proporcionar canais para comentários, contato e esclarecimento de dúvidas também traz visibilidade ao negócio. Ou seja, não basta ter um site e perfis nas redes sociais. É fundamental estar presente neles e interagir com os seguidores.

Mesmo que cada interação não se converta em um contrato, a imobiliária começa a ganhar espaço e fica conhecida na região. Respondendo a perguntas e postando notícias e dicas sobre determinados assuntos, a empresa demonstra conhecimento.

Ter autoridade online faz com que os interessados fiquem com a sensação de segurança em relação à imobiliária. Logo, é esperado que eles se lembrem da sua empresa na hora de procurar um imóvel — ou de indicar a imobiliária para alguém conhecido.

 

2. Foque no relacionamento com os clientes

O próximo passo para se destacar da concorrência é o tratamento dos clientes. Manter um relacionamento de qualidade e que ultrapassa a barreira de conseguir fechar a venda e o aluguel é muito importante.

Não basta atrair o consumidor e oferecer imóveis, serviços ou outros contatos rotineiros. A ideia é ter um atendimento focado na confiança e na proximidade com a pessoa, para ela se sentir especial para sua imobiliária.

Construir um relacionamento e manter um bom pós venda ajuda muito no seu destaque no mercado. Fazer contatos não invasivos de forma periódica para garantir que tudo está correto também é interessante. Isso traz fidelização e aumenta a divulgação entre pessoas.

Para isso, é fundamental conhecer o público da sua imobiliária individualmente. Sempre mantenha as portas abertas e busque contar com uma rotina e agendamentos que não se esqueçam das demandas dos clientes.

Quando um possível consumidor faz questionamentos sobre imóveis e serviços e a imobiliária não pode responder imediatamente, é importante que a dúvida seja anotada. Assim, quando for possível, o contato será retomado e você não deixará o cliente sem resposta.

Ademais, é preciso conhecer as exigências e necessidades de cada um, para conseguir oferecer opções que realmente são pautadas nessas características. Desse modo, as pessoas se sentirão importantes para a imobiliária.

 

3. Tenha um bom portfólio de imóveis

Um destaque importante para a imobiliária é, sem dúvidas, o portfólio de imóveis — tanto para o aluguel quanto para a venda. Aqui, há dois caminhos possíveis para o negócio seguir: especializar-se em um nicho ou região do mercado ou contar com opções amplas.

As duas possuem vantagens e desvantagens, então é preciso compreender cada uma delas e estudar bem a necessidade da região. Ao se especializar em um nicho, como imóveis de alto padrão, há uma parcela de consumidores que será perdida.

No entanto, a imobiliária pode ganhar notoriedade em relação a essas negociações e oferecer um serviço diferenciado para o nicho. Por outro lado, quando o portfólio é amplo, diversas faixas de renda e de necessidade são cobertas com as alternativas.

Então, uma gama maior de consumidores será contemplada. Porém, clientes interessados em determinados segmentos e fatores podem querer buscar a ajuda de uma imobiliária mais nichada.

Percebe como cada escolha tem vantagens e desvantagens? De qualquer forma, é fundamental que o portfólio seja transparente e público, para que os interessados entendam o que podem adquirir ou alugar. Ademais, as informações devem ser completas e claras.

Essa transparência traz mais segurança e tranquilidade para os clientes, que sabem o que podem encontrar.

 

4. Ofereça soluções e facilidades

Outro passo para se destacar da concorrência é oferecer soluções diferenciadas. A compra e venda e o aluguel de imóveis é o carro chefe de todas as imobiliárias. Então conseguir garantir outras condições aos clientes é importante.

Isso pode ser feito em diversas áreas do negócio, desde o contato com os clientes até o pós-venda ou locação. Aqui, existem alguns exemplos que a imobiliária pode se beneficiar para trazer mais condições aos clientes.

Uma das alternativas é a visita virtual de imóveis, que pode ser oferecida em diversas plataformas. A imobiliária pode criar vídeos e modelos 3D dos empreendimentos para os clientes acessarem à distância.

Assim, quem mora em outra localidade e não pode se deslocar facilmente para fazer a visita presencial terá uma opção. Outra ideia são as modalidades de garantia oferecidas no contrato de aluguel.

Nesse sentido, o fiador e a caução em dinheiro são as mais comuns, mas há outras alternativas. Garantia por cartão de crédito ou seguro fiança são opções que ganham espaço e trazem facilidades aos clientes — diferenciando sua imobiliária.

 

5. Conte com o serviço de antecipação de aluguel

Um destaque que ganha espaço no mercado é o serviço de antecipação de aluguéis — você já ouviu falar? Ele representa um diferencial relevante para a imobiliária, que poderá oferecer esse serviço aos proprietários que desejam alugar seus imóveis.

A antecipação de aluguéis consiste em oferecer o pagamento antecipado do aluguel de um determinado período ao proprietário. Isso é feito em conjunto a uma empresa parceira que oferece essa solução, como a Bold Finance.

Assim, o proprietário recebe os valores à vista, mediante um pequeno deságio, e a imobiliária ficará encarregada de receber mensalmente o aluguel do locatário. Isso traz vantagens para os proprietários — e pode aumentar a procura por imobiliárias que disponibilizam o serviço por meio de parcerias.

Conseguiu entender como uma imobiliária pode se destacar da concorrência? Com esses 5 passos você trará visibilidade ao negócio e conquistará mais clientes. Lembre-se de oferecer bons serviços e contar com empresas parceiras para ganhar seu espaço no mercado!

Quer entender melhor como a antecipação de aluguel funciona e fazer uma simulação? Então seja um parceiro da Bold Finance!

Gestão de dados: entenda a importância dela na locação!

Fazer a gestão de dados é uma atitude importante nos mais diversos ramos. Ela é essencial, por exemplo, para manter um controle sobre clientes e serviços, além de poder embasar decisões sobre os rumos da empresa.

Na locação, a gestão de dados envolve informações sobre os clientes e imóveis. No entanto, ela também pode ir além disso — ajudando na tomada de decisão e prospecção de novos clientes e inquilinos.

Quer entender mais sobre esse assunto e a importância da gestão de dados para a locação? Então continue a leitura e aprenda!

 

O que é a gestão de dados?

A gestão de dados está ligada à administração dos dados importantes sobre o negócio e os interessados nele. Assim, eles são utilizados para embasar os processos da empresa e novas decisões.

Essa forma de gestão não se refere a um procedimento único, mas engloba diversas equipes e ferramentas para realizar suas atividades. Elas incluem a coleta e identificação dos dados, armazenamento seguro, organização da visualização etc.

Ela também está ligada à organização desses dados, análise empírica e subjetiva e proteção conforme a legislação. Nesse sentido, os dados podem estar ligados a todo o negócio ou apenas a setores de interesse.

 

Diferença entre dado e informação

Para entender melhor o tema, é fundamental saber diferenciar dados de informações, pois os termos não dizem respeito ao mesmo conceito. Um dado é um número ou uma característica que se observa em determinada coleta. Já a informação diz respeito ao que esse dado representa.

Por exemplo, a imobiliária tem o dado de que 10 apartamentos foram alugados no primeiro semestre de 2021. Já uma informação sobre esse dado representaria avaliar se houve aumento ou diminuição das locações em relação ao ano passado.

Assim, pode-se dizer que uma informação é a interpretação que se dá ao dado coletado, em comparação a outros dados. Então é fundamental entender que a gestão de dados dará base para as informações relevantes sobre a empresa.

 

Para que serve a gestão de dados?

Esse processo serve, principalmente, para fornecer dados precisos e confiáveis para a empresa e organizá-los de modo a serem facilmente identificáveis. Logo, não há como fazer uma boa análise e definir estratégias para o negócio sem ela.

Qualquer tomada de decisão que não se baseia em dados pode ser tratada como uma aposta. Afinal, é fundamental conhecer pontos relevantes, dores, expectativas de clientes e informações acerca do produto ou serviço oferecido para ter escolhas estratégicas.

Conferindo resultados passados, é possível avaliar as informações para definir estratégias para o futuro. Assim, o negócio conseguirá resolver problemas, contornar erros cometidos e adotar novas maneiras de lidar com percalços.

Sem a gestão de dados, você pode nem sequer perceber algum problema ou falha no atendimento, produto ou serviço oferecido, por exemplo. Além disso, também não saberá como se atualizar para acompanhar as demandas de mercado.

 

Como ela funciona no âmbito das imobiliárias?

Agora que você entende o que é gestão de dados, é preciso aprender como utilizá-la no setor imobiliário. Para isso, os gestores da imobiliária devem entender que os dados estão ligados a diversas frentes.

Primeiro, temos os dados referentes aos negócios realizados em relação aos imóveis — tanto para aluguel quanto para venda. Aqui, é possível colher informações diversas, como número de bens alugados e vendidos, suas localizações e o preço, quanto tempo levou até o negócio etc.

Com esses dados será possível montar indicadores importantes. É o caso da liquidez dos negócios, o preço médio de negociação e outros detalhes. Ademais, também é possível comparar com dados passados para verificar a evolução da imobiliária.

Outros dados importantes dizem respeito à publicidade e estratégias de marketing utilizadas pela imobiliária. Desse modo, são fundamentais questões ligadas à forma de contato dos clientes, como eles encontraram a imobiliária, qual foi o tempo entre o primeiro contato e a assinatura do contrato.

Essas informações organizadas e analisadas servirão de base para novas estratégias na área. Por exemplo, se o site foi o carro-chefe de divulgação, quantos contatos foram conseguidos por meio dele? A estratégia foi realmente eficiente? É preciso fazer mudanças?

Se houve contato telefônico ou muita demora na assinatura do contrato, por que isso ocorreu? Como é possível trazer eficiência para esse momento e reduzir custos? Os clientes se interessaram por outras soluções e inovações trazidas pela imobiliária?

É com esses dados que a imobiliária poderá adequar seus serviços, buscando mais soluções e inovações ou investindo nas que já oferece. Questões como visitas virtuais, fotos em 3D, antecipação de aluguéis e outras funcionalidades podem ser utilizadas.

 

Qual a importância da gestão de dados para a locação?

E em relação especificamente à locação, você sabe qual é a importância de uma boa gestão de dados? Confira a seguir em que pontos da sua imobiliária ela pode ajudar!

 

Embasamento para tomada de decisões

Você já viu que a gestão de dados serve como uma fonte confiável para a tomada de decisões na imobiliária. Mas como isso se relaciona à locação? O principal ponto é o direcionamento de campanhas de publicidade e estratégias de marketing voltadas à locação.

Depois da coleta dos dados, é fundamental ter uma boa visualização das informações para compor uma análise. Com isso, a imobiliária conseguirá ter mais segurança ao definir seus investimentos na área de divulgação.

 

Análise de melhores diferenciais

Quais são os diferenciais que os locadores e os locatários desejam ao procurar uma imobiliária? Saber esse dado é fundamental para o seu negócio, tendo em vista que a atração deriva também das soluções apresentadas.

Como você viu, diversas ferramentas podem destacar o imóvel, sejam elas presentes no próprio bem ou oferecidas pelo negócio. Logo, é preciso de uma boa base de dados para saber no que focar e como induzir o público a utilizar seus serviços.

 

Aumento de captação de clientes

Todos esses benefícios também geram mais captação de clientes. Uma imobiliária que sabe as dores e expectativas de seu público conquista mais espaço no mercado e se destaca em relação à concorrência.

Por isso, a gestão de dados eficiente pode alavancar o negócio, tornar a marca mais sólida e trazer eficiência para todos os setores. Esse aumento de popularidade também gera aceleração na captação de clientes. Afinal a divulgação orgânica aumentará.

Entendeu como a gestão de dados é importante para sua imobiliária, em especial na locação? Então lembre-se de utilizar esses dados para captar informações importantes e basear as decisões empresariais!

Se você busca diferenciais, conhecer a antecipação de aluguel pode ser importante para a imobiliária. Confira nosso conteúdo sobre o tema!

Soluções digitais para as imobiliárias: conheça 6 possibilidades!

A transformação digital está presente em todos os setores da economia. O mercado imobiliário não é diferente e exige cada vez mais soluções digitais que otimizem a rotina. Além disso, elas fazem a conexão entre as novas tecnologias e o novo perfil dos consumidores.

Assim, para se destacar no mercado, é essencial conhecer as tendências do setor. Isso faz com que o apoio da tecnologia seja essencial para oferecer uma experiência adequada aos clientes e aumentar as chances de negócio.

Pensando nisso, neste artigo você conhecerá 6 soluções digitais para o mercado imobiliário. Vamos lá?

 

Relação entre mercado imobiliário e tecnologia

No final do século XX, a tecnologia começou a evoluir mais rapidamente e o mundo passou a viver a Era Digital. Desde então, dispositivos eletrônicos, softwares e aplicativos estão mais presentes no dia a dia das pessoas.

A internet sobrepõe barreiras geográficas e consegue manter todo o mundo conectado em tempo real. Esse processo trouxe inovações para os diversos setores da economia e mudou o comportamento do consumidor, inclusive no mercado de imóveis.

Com isso, as experiências proporcionadas pelas imobiliárias começaram a ter maior importância nas negociações. Praticidade e mobilidade também se tornaram diferenciais relevantes. Afinal, ambas proporcionam mais conforto e otimizam o tempo do cliente.

Outras estratégias que ganharam espaço foram a comunicação e o atendimento personalizado. Isso porque elas permitem que a empresa se aproxime do consumidor e aumentam a relevância do negócio no mercado.

Vale destacar que essas mudanças foram aceleradas com a pandemia de Covid-19. A necessidade do isolamento social fez com que a internet se tornasse uma ferramenta imprescindível para diversos negócios — especialmente aqueles relacionados à compra, venda e aluguel de imóveis.

 

6 Soluções digitais para imobiliárias

Para acompanhar as tendências, a imobiliária pode contar com diferentes soluções visando um melhor posicionamento no mercado. A seguir, você conhecerá 6 opções para ter uma postura focada no meio digital.

Confira:

 

1.      Realidade virtual

As visitas virtuais podem ser determinantes nas decisões dos clientes. Afinal, elas permitem que ele veja cada detalhe dos imóveis por diversos ângulos, como se estivesse no ambiente. Esse diferencial otimiza o tempo dos consumidores, que não precisarão se deslocar até a propriedade.

Ainda, eleva a credibilidade da empresa, pois indica sintonia com as tendências do mercado. Outro ponto interessante é que a solução permite que o imóvel seja visto por qualquer pessoa, independentemente do dispositivo utilizado, da hora ou do lugar.

O processo dispensa a necessidade de agendamento de visitas presenciais e supera barreiras geográficas. Ademais, a alternativa ainda evita a circulação de muitas pessoas em um mesmo lugar, o que está alinhado ao contexto de pandemia e mudanças de hábitos dos consumidores.

Outra vantagem é que empresas do setor imobiliário que oferecem tours virtuais tendem a obter taxas de conversão mais elevadas. Como você viu, a experiência é determinante para captar o interesse dos clientes e estimulá-los a visitar mais imóveis.

Quando o consumidor passa da visita virtual para a física, normalmente ele já está um passo mais próximo da locação. Assim, o encontro presencial tende a ser uma forma de saber mais detalhes sobre o imóvel e finalizar a negociação.

 

2.      Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) é um segmento da tecnologia utilizada para criar dispositivos que podem simular a capacidade humana em termos de descobertas, raciocínio, armazenamento e análise de informações. O mesmo vale para a solução de problemas do cotidiano das empresas.

No ambiente digital, é muito difícil não lidar com sistemas baseados em IA, especialmente com a expansão de conceitos como machine learning. No mercado imobiliário, que se baseia em pesquisas, divulgações e negociações, as tecnologias que utilizam algoritmos são ainda mais importantes.

É por meio delas que a Inteligência Artificial consegue automatizar tarefas e apresentar diversas funcionalidades para a imobiliária. Isso permite que as empresas do setor melhorem a experiência do usuário, aumentem a eficiência e façam análises mais precisas do mercado.

 

3.      Machine learning

O machine learning — ou aprendizado de máquina — pode ser aplicado em diversas tarefas do mercado imobiliário. Uma das principais trata da previsão do valor de casas e apartamentos para negociação.

A solução para avaliação de imóveis costuma se basear em uma ferramenta que requisita as características da propriedade para retornar o valor aproximado. Assim, a tecnologia reúne os dados, faz o processamento das informações e retorna o resultado.

Com a captação de informações frequentes sobre o mercado, ele consegue aprender com os dados, e otimizar as avaliações. Isso permite que a solução entregue precificações alinhadas aos valores praticados no setor e traz mais facilidade para o dia a dia.

 

4.      Contratos digitais

Contratos digitais também são bastante utilizados no processo de locação de imóveis. Eles ajudam a reduzir o tempo necessário para fechar o negócio e são regulamentados pela legislação. Isso garante mais segurança para as partes envolvidas.

As assinaturas digitais ainda facilitam a utilização. O contrato é elaborado e pode ser enviado por e-mail para os clientes. Assim, eles conseguem assinar pela plataforma de sua preferência. A vantagem é que o processo é cômodo, acessível e não exige reconhecimento em cartório.

 

5.      Sites mais completos

Outra solução digital importante para as imobiliárias é montar um site completo. É possível incluir a história da empresa, depoimentos de clientes, materiais de apoio e informações de contato, por exemplo.

A plataforma pode ser integrada a uma ferramenta CRM (customer relationship management) para automatizar os processos. Também é essencial que o site tenha uma versão responsiva para smartphones ou um aplicativo disponível para download.

 

6.      Serviços especiais

Entre as soluções digitais para imobiliárias, não podemos deixar de citar a oferta de serviços como a antecipação de aluguéis. Ele oferece diversas vantagens para o seu negócio, pois aumenta a sua base de clientes, que ficam mais satisfeitos.

Com a evolução do mercado, ele pode ser contratado via internet, de maneira totalmente digital. Além disso, oferecer a antecipação de aluguéis faz com que a sua imobiliária ou administradora de imóveis tenha soluções completas de verdade.

Isso ajuda a captar mais imóveis e permite valorizar a equipe, que pode ganhar prêmios por indicar aos clientes. Para isso, é possível contar com o apoio da Bold Finance.

Nós desenvolvemos soluções financeiras estruturadas e inovadoras e antecipamos aluguéis residenciais e comerciais. Visando trazer ainda mais benefícios, a parceria é completamente gratuita para a imobiliária, que ainda recebe comissões por antecipações realizadas.

As soluções tecnológicas no mercado imobiliário trazem maneiras diferentes de oferecer serviços e interagir com os clientes. Por isso, é fundamental que a sua imobiliária invista em tecnologia e inovação para crescer e se destacar da concorrência.

Quer ter uma imobiliária completa de verdade? Acesse nosso site e seja um de nossos parceiros!

Solução financeira nas imobiliárias: como oferecer sem recorrer a banco e financeiras?

Contar com uma solução financeira nas imobiliárias pode ser um diferencial para todas as partes envolvidas no negócio. Isso inclui a própria empresa, os corretores, proprietários, compradores e inquilinos. Todavia, cada tipo de serviço pode ser direcionado a públicos específicos.

Uma limitação que surge nesse momento é que muitas soluções são oferecidas apenas por bancos e financeiras. Por conta disso, nem sempre elas são realmente vantajosas ou atendem as demandas do público.

Assim, vale a pena conhecer as opções que vão além do tradicional. Quer saber mais? Continue a leitura e descubra como ter acesso a uma solução financeira diferenciada na imobiliária!

 

Quais são as soluções financeiras mais conhecidas nas imobiliárias?

As principais soluções financeiras disponíveis em imobiliárias são ligadas à concessão de crédito. Os empréstimos com garantia de imóvel e os financiamentos costumam ter grande procura nas negociações.

Assim, muitas imobiliárias firmam parcerias que visam facilitar o acesso ao crédito, intermediando o processo. Considerando que ele envolve algumas burocracias, esse é um diferencial para os clientes que buscam mais praticidade.

Porém, quando o objetivo não é comprar um imóvel, nem há intenção de dar o bem em garantia para um empréstimo, quais são as soluções? Essa é uma dúvida comum e os serviços disponíveis nem sempre são conhecidos. 

 

Como ter acesso a soluções sem recorrer aos bancos e financeiras?

Quando se trata de serviços financeiros, é comum associar aos bancos e outras instituições especializadas em empréstimos e financiamentos, certo? O principal motivo é que as operações são recorrentes e bastante divulgadas. Logo, se tornam mais conhecidas.

Entretanto, é importante saber que é possível expandir as oportunidades com soluções diferenciadas. Por exemplo, com a antecipação de aluguel. Ela funciona como um adiantamento para o proprietário do que ele receberia ao longo do contrato.

O adiantamento proporciona uma cessão de créditos oriundos do contrato de locação. Assim, a empresa que faz a antecipação terá o direito de receber os valores do inquilino, repassados pela imobiliária. Já o proprietário recebe o total à vista, mediante desconto.

A alternativa pode ser usada por proprietários que têm planos para utilizar o capital, substituindo empréstimos e financiamentos. Mesmo com o desconto, ele pode ser mais vantajoso devido às suas características em relação ao Imposto de Renda.

Como não se trata de um empréstimo ou financiamento, os custos são menores e o processo menos burocrático. Além disso, quando feito em parceria com imobiliárias, a empresa também é beneficiada com a solução.

 

Quais as vantagens da antecipação do aluguel?

Você já aprendeu que quando se fala em solução financeira no mercado imobiliário, o tema não se limita aos bancos. Porém, provavelmente ainda tem dúvidas sobre os benefícios que a antecipação de aluguéis pode trazer.

Um dos pontos interessantes é que tanto locadores quanto imobiliárias e corretores podem aproveitar as vantagens. A seguir, você descobrirá quais são elas:

 

Para locadores

Os proprietários dos imóveis usufruem diversos benefícios ao contar com a antecipação de aluguel. O principal é a possibilidade de receber o dinheiro antecipado para investir como quiser. Mas existem outros que você pode avaliar.

Veja!

 

Recebimento à vista e flexível

O recebimento do valor do aluguel pode englobar diferentes períodos, conforme o interesse do proprietário. Caso deseje antecipar apenas 3 meses, por exemplo, é possível. Não é necessário se obrigar com o valor total relativo ao ano, caso não prefira.

Isso pode facilitar o planejamento financeiro, ajudar no fluxo de caixa e dar mais previsibilidade ao orçamento.

 

Não há limites de antecipações

O proprietário pode contar com mais de uma antecipação dentro do mesmo contrato, seguindo sempre o prazo. Ou seja, se você recebeu 12 meses de aluguel antecipado, poderá solicitar o serviço novamente após o período.

E quem possui mais de um imóvel pode aproveitar o benefício nas diversas locações ativas. Basta que o contrato seja aprovado na análise feita pela empresa.

 

Sem risco de inadimplência

Você já se preocupou com eventuais atrasos no pagamento do aluguel pelo inquilino? Eles podem impactar o seu planejamento financeiro e, até mesmo, trazer dificuldades no orçamento. Ao antecipar os aluguéis, você cede o crédito e não corre mais riscos de não receber o valor.

Isso porque a empresa que recebe o direito ao crédito é que assumirá todos os riscos envolvidos em relação ao pagamento. Ou seja, você terá muito mais tranquilidade financeira.

 

Isenção do Imposto de Renda

Os aluguéis são rendimentos tributáveis e exigem o recolhimento do imposto sempre que ele ultrapassar os limites de isenção. Já a antecipação, para pessoas físicas, permite que os valores cedidos fiquem isentos até o limite estabelecido pela legislação.

Considerando que a alíquota do tributo do aluguel pode chegar a 27,5%, o total pago à Receita Federal pode ser elevado. Ou seja, parte do retorno obtido com o seu investimento não será aproveitado. Assim, mesmo com o desconto da antecipação, o custo ainda pode ser mais atrativo.

 

Não exige garantia

As soluções financeiras em imobiliárias costumam exigir algum tipo de garantia para conseguir oferecer taxas atrativas e mais vantagens. No caso da antecipação, você fica livre de qualquer restrição em seu imóvel. É possível receber o crédito e ainda ficar livre para eventuais negociações.

 

Para a imobiliária e corretores

Também existem vantagens para as empresas imobiliárias e para corretores parceiros. Entenda as principais!

 

Mais produtos para os clientes

Ao firmar parcerias para antecipar o aluguel, a imobiliária consegue ampliar as oportunidades de negócio. Afinal, esse é um diferencial importante para oferecer aos clientes. Eles terão uma nova opção para receber o pagamento: a quitação à vista.

A estratégia consegue melhorar a experiência ofertada e pode servir como forma de atração e fidelização. Em longo prazo, isso pode aumentar significativamente a base de clientes e o portfólio de imóveis disponíveis.

 

Ganho de comissão e premiação

As parcerias têm como objetivo uma ajuda mútua. Nesse caso, a imobiliária indica clientes para fazer a antecipação de aluguel e, em troca, recebe comissões. Já os corretores recebem prêmios por indicação dos clientes. Logo, é uma oportunidade para aumentar os rendimentos do negócio.

Como você viu, ter uma solução financeira na imobiliária não exige, necessariamente, a participação de bancos e financeiras. É possível encontrar outras soluções interessantes e vantajosas tanto para a empresa quanto para os clientes, como a antecipação de aluguel.

Quer mais detalhes sobre como funciona o serviço? Acesse nosso site e conheça os benefícios da Bold Finance!